CUIABÁ

CUIABÁ

Líderes comunitários alinham com presidente da Câmara andamento da construção do Centro Multiuso de Cuiabá

Publicados

CUIABÁ


Secom Câmara

O espaço será construído no bairro Barra do Pari

O presidente da Câmara de Cuiabá Juca do Guaraná Filho (MDB), recebeu na última terça-feira (25), representantes da União Cuiabana de Associação de Moradores de Bairros (Ucamb), e da Federação Matogrossense de Associações de Moradores de Bairros (Femab).&nbsp
Durante o encontro, os líderes comunitários debateram pautas importantes com o chefe do Legislativo, dentre elas: a construção do Centro Multiuso para a realização de atividades sociais, capacitação, lazer e integração.&nbsp
O espaço será construído no bairro Barra do Pari, em Cuiabá,&nbspcom o intuito de sediar as atividades da comunidade local e das regiões adjacentes.&nbsp
“Aqui é a casa do povo e o Juca do Guaraná Filho sempre nos deu acesso livre a esse parlamento. A Câmara de Cuiabá nesta gestão tem mostrado que de fato é a casa do povo. A gente chega com problemas e voltamos com soluções” disse o presidente da Femab, Walter Arruda.&nbsp
Juca do Guaraná Filho destacou o compromisso que tem com os líderes comunitários, que de fato sabem os problemas da população, e lembrou que o papel dos vereadores é buscar soluções.
“O movimento comunitário tem um importante papel na sociedade. Esses líderes, que fazem um trabalho voluntário, sabem quais são os problemas que a população de fato enfrenta. E nós estamos aqui para buscar soluções junto ao Executivo. As portas do legislativo estarão sempre abertas para o povo”, disse Juca do Guaraná Filho
Centro Multiuso
No projeto, o centro será composto por dois salões para eventos, sendo um deles com palco banheiros masculino e feminino cozinha espaço reservado para bar e lanchonete salas de reuniões circuito administrativo, com salas para diretoria, secretaria e assessoria e depósito.
Além disso, o espaço comunitário contará com vagas de estacionamento cobertas, no subsolo, e outras na área externa.
A estrutura terá dois pavimentos e será levantada em uma área de mais de 6 mil metros quadrados.&nbsp
A previsão é de que, a partir da conclusão do processo licitatório e da assinatura da ordem de serviço, a obra seja executada em oito meses.
A Secretaria de Obras Públicas tem a primeira sessão pública marcada para o dia 21 de fevereiro. De acordo com o edital, o valor estimado para aplicação na construção é de R$ 3.049.351,69.
Os centros multiuso possibilitam a realização de atividades sociais, de capacitação, de lazer, integração e ainda debater sobre demandas das comunidades.

Secom Câmara

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Equipes do Consultório na Rua aplicaram quase 5 mil doses de vacina contra a covid-19 ao longo de 2021
Propaganda

CUIABÁ

Prefeito destaca o 1º Encontro Estadual de Enfrentamento à Violência Contra Crianças e Adolescentes em Mato Grosso

Publicados

em

Por

O prefeito Emanuel Pinheiro elogiou o  1º Encontro Estadual de Enfrentamento à Violência Contra Crianças e Adolescentes em Mato Grosso, que ocorreu na sede das Promotorias de Justiça de Cuiabá, entre os dias 26 e 27 deste mês, por meio da promoção de um amplo debate e a reflexão sobre medidas de enfrentamento sobre o tema. A iniciativa foi organizada pela Procuradoria de Justiça Especializada em Defesa da Criança e do Adolescente do Ministério Público de Mato Grosso.

O Chefe do Executivo Municipal destacou o esforço coletivo desempenhado em torno do encontro, colocando à mesa um assunto de grande relevância política e social. “Uma iniciativa que tem  como proposta fortalecer a rede de enfrentamento. É preciso unir as forças em favor daqueles que mais precisam do Poder Público”, disse. 

O objetivo do encontro estadual foi de  promover o debate e a reflexão sobre medidas de enfrentamento a todas as formas de violência praticadas contra crianças e adolescentes. Conforme a programação, o evento foi aberto oficialmente no dia 26 (quinta-feira), às 19h15, após o credenciamento do público, sendo eles, membros da rede de proteção e integrantes da sociedade civil. 

Às 20h ocorreu a palestra magna “Repensando as práticas de atuação institucional na defesa dos direitos da população infantojuvenil”,  proferida pelo titular da Especializada, procurador de Justiça Paulo Roberto Jorge do Prado. 

Leia Também:  Programa Siminina retoma atividades presenciais em Cuiabá

Prado agradeceu nominalmente a todos os parceiros, apoiadores e presentes na solenidade. “Quero cumprimentar a todos e dizer a satisfação imensa de ver esse auditório lotado pelos colegas do Ministério Público, representantes do Poder Judiciário, da Secretaria de Estado de Educação, policiais militares, policiais civis, sociedade civil organizada, representantes da Secretaria Municipal de Educação de Cuiabá, entre outros presentes”, disse.
Paulo Prado destacou que a ideia é que o encontro faça parte de uma agenda permanente e que seja realizado anualmente, de forma itinerante, sediado cada vez por uma instituição e até mesmo em cidades diferentes. “Quero abraçar cada um e dizer como é importante estarmos juntos, caminhando e aprendendo uns com os outros. Vamos conversar, vamos sair dos gabinetes, dialogar. Isso é importante e tem que acontecer”, defendeu.

No dia 27 (sexta-feira), a abertura ficou por conta da Cia Vostraz de Teatro, com a apresentação do espetáculo “Inocentes pétalas roubadas”. Às 8h30 teve início o painel “Enfrentamento ao abuso, exploração sexual e demais violências contra crianças e adolescentes  (no pós-pandemia) – Reflexão sobre as práticas de proteção”. 

Os expositores foram a promotora de Justiça Ana Carolina Rodrigues Alves Fernandes de Oliveira, o secretário de Estado de Educação, Alan Resende Porto, o juiz Túlio Duailibi Alves Souza, a delegada de polícia Judá Maali Pinheiro Marcondes e a coordenadora de Polícia Comunitária e Direitos Humanos da Polícia Militar de Mato Grosso, tenente-coronel Emirella Perpétua Souza Martins. A mediação ficou a cargo do procurador de Justiça Paulo Prado. 

Leia Também:  Trabalhos de tapa-buracos e recuperação asfáltica serão intensificados

Às 14h começou o painel “Mediação de conflitos e rede de proteção”, com o promotor de Justiça Miguel Slhessarenko Junior, a juíza Maria das Graças Gomes da Costa, o delegado de polícia Clayton Queiroz Moura, o subcomandante da 1ª Companhia de Polícia Militar de Rondonópolis, primeiro-tenente PM Felipe Nunes Cordeiro, e a professora da rede estadual Patrícia Simone da Silva Carvalho. O secretário Alan Porto foi o mediador. Após os debates, os trabalhos foram consolidados com a publicação de uma Carta de Intenções em defesa da criança e do adolescente. 

Para encerrar a programação, foi apresentado o livro “Projeto Luz – Um relato da primeira rede de proteção integrada que aplicou a Lei nº 13431/2017 e o depoimento especial judicial na comarca de Nova Mutum”, escrito pelos promotores de Justiça Ana Carolina Fernandes de Oliveira e Henrique de Carvalho Pugliesi. 

Com informações assessoria do MPMT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA