CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

Curso de customização criativa incrementa renda doméstica de mulheres

Publicados

VÁRZEA GRANDE


A magia do empreendedorismo feminino está contagiando mulheres de Várzea Grande que podem contar com esse acesso via Secretaria Municipal de Assistência Social para incremento de renda e abertura do próprio negócio. A exemplo é a da dona de casa Leonice Rodrigues de Amorim, que atualmente está disponível para mercado de trabalho e resolveu buscar empoderamento e autonomia econômica de renda doméstica, por meio do Projeto Social Mulheres Empreendedoras.   

“Estou desempregada, sou dona de casa e vi no projeto uma oportunidade de mudar a realidade financeira da minha família. Minha cunhada já é participante do Projeto Mulheres Empreendedoras e me convidou, interessei no curso de customização, pois gosto bastante de artesanato. Como no momento estou sem nenhum vínculo de emprego, fiz o curso, aprendi todos truques para deixar peças belíssimas e agora vou customizar peças minhas e da minha filha, além de encomendas para vender. Acredito no meu potencial, vejo nesta capacitação uma alternativa de renda familiar, ter meu próprio ateliê, um sonho”, enfatizou a moradora do bairro Jardim das Oliveiras que recebeu seu certificado de qualificação profissional do Instituto INCA, do curso de Customização Criativa de Roupas do Projeto Aprenda e Empreenda: Empoderamento Feminino e Autonomia Econômica Familiar, que ocorreu durante a semana passada (14 a 18), no Caderno II.

A participante pretende se tornar especialista em roupas com pedrarias através da oportunidade do curso.  Ela acrescenta ainda que apenas com uma agulha e linha de costura se pode ousar na criatividade e enaltecer a beleza nas peças e bolsas deixando look fashion e moderno.

Conforme a secretária de Assistência Social, Ana Cristina Vieira, várias mulheres participaram da qualificação no município, dentro do Programa de Qualificação que abrange várias ações, entre elas, o curso que encerrou nesta segunda (21), oficina de customização criativa.

“A oficina foi viabilizada a partir de uma emenda parlamentar do deputado Dr. Leonardo, que destinou a Várzea Grande pela solicitação do vereador Ivan dos Santos, a qualificação profissional, onde pudemos ser palco para sediar a oficina. Teremos outros cursos de personal organizer  no bairro São Mateus, com objetivo de empoderamento feminino, contribuir para autonomia financeira, porque sabemos que as mulheres quando têm empoderamento, têm também essa autonomia financeira, elas conseguem muitas vezes quebrar o círculo de violência. Nós estamos no mês de março, mês alusivo à mulher, essas ações continuam em Várzea Grande o ano todo, além destes  cursos, temos mais de 65 cursos no município, tendo como prioridade a mulher”, sublinhou a secretária.  

Leia Também:  Novo decreto mantém ponto facultativo, proíbe eventos públicos e cobra adoção de medidas de biossegurança em festa privadas

A coordenadora Pedagógica do Projeto Aprenda e Empreenda: Empoderamento Feminino e Autonomia Econômica da Mulher do Instituto de Inclusão, Cidadania e Ação (INCA), Poliana Queiroz disse que o projeto é financiado pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos e pela emenda parlamentar do deputado Federal, Dr. Leonardo Ribeiro Albuquerque que direcionou para o INCA realizar a ação em várias cidades de Mato Grosso e Várzea Grande foi contemplada por meio da Secretaria de Assistência Social, que destinou as Mulheres Empreendedoras. “A iniciativa vai intensificar com outros cursos já existentes na cidade, ao todo em Mato Grosso, nosso projeto atenderá 1500 mulheres, em oito cidades. Em Várzea Grande serão cinco bairros atendidos, contabilizando a qualificação profissional de 150 mulheres.

Dona Heloneida Cerqueira, integrante do Projeto Mulheres Empreendedoras, falou que participar do curso de customização criativa acrescentou muito na atividade artesanal. “Eu nunca imaginei na minha idade aprender algo assim. Aprendi a customizar camisetas, pintura estilo Tie Dye, para mim foi muito aprendizado, como mãe vim buscar a qualificação, pois minha filha é apaixonada por artesanato, como ela está trabalhando, amei de paixão e vou ensinar minha filha também, se pudesse queria continuar fazendo.

“Eu e minha filha vamos abrir um ateliê no bairro Mappin e iremos fazer peças para comercializar. Fiz mais para passar para minha filha e juntas nessa parceria de um pequeno negócio. Amo, artesanato é minha paixão, principalmente crochê, sou artesã do crochê, mas este curso achei lindo, nunca imaginei participar deste aprendizado maravilhoso. Agradeço de coração os profissionais pela paciência conosco. Muitas mulheres agora terão uma renda extra, pois têm filhos pequenos e trabalhar de casa, vender para amigas e colegas é uma excelente alternativa de renda”, explicou a dona Heloneida.

Leia Também:  Kalil lança "Programa Pertencimento Ambiental" com Carlinhos Brown

A coordenadora do Projeto Mulheres Empreendedoras, Ellen Carla da Costa falou que o projeto teve a honra de receber curso de customização criativa no implemento da renda doméstica. “O projeto atualmente atende cerca de 500 mulheres, em quatro polos. As oficinas retomam em junho com vários cursos de customização, oficina de corte e costura, bordado em chinelo, design de sobrancelhas, entre outros. Muitas destas mulheres terão incremento extra na renda doméstica com a customização criativa”.

O instrutor do curso de Customização Criativa, professor Alison Rodrigues Rangel, explicou que nesta semana de qualificação profissional ministrou mais de 20 técnicas de customização de peças. “O que mais me esforcei para ensinar foram técnicas que pudessem fomentar a criatividade e ousadia destas mulheres, com isso, criassem seus próprios padrões, próprio estilo na customização das peças. Fizemos aplicação de pedrarias, pintura de tecido, estamparia e pequenos reparos de tecido. De fato acredito que consegui agregar mais conhecimento e autonomia financeira à atividade profissional delas”.  

Para se inscrever no projeto Mulheres Empreendedoras basta procurar um dos quatros CRAS da cidade – Cristo Rei, Santa Maria, São Mateus e Grande Glória, nos locais as mulheres podem ter mais informações da forma de ingresso no projeto que é voltado para empoderamento feminino e autonomia financeira.  O projeto atende mulheres em vulnerabilidade social com cursos profissionalizantes, oficinas e palestras de empoderamento e economia criativa.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

VÁRZEA GRANDE

Verifique os pontos abertos da semana de 16 a 21 de maio para vacinação contra covid-19 em Várzea Grande

Publicados

em

Por

Nesta semana, de 16 a 21 de maio, a secretaria municipal de Saúde de Várzea Grande, disponibilizou pontos para vacinação contra a Covid-19 em crianças, adolescentes, adultos além dos idosos. Ao todo são 11 pontos abertos para vacinar adolescentes e adultos situados em Unidades Básicas de Saúde. O ponto do Várzea Grande Shopping continua aberto. A Clínica de Atenção Primária à Saúde do Parque do Lago é o ponto exclusivo desta semana para vacinar crianças de 5 a 11 anos.

Como explica o secretário Municipal de Saúde, Gonçalo de Barros, a cada semana o ponto de vacinação para crianças muda, conforme o planejamento realizado pelas equipes técnicas, em contemplar todas as regiões da cidade, levando em consideração densidade populacional e fazer chegar a vacina mais próxima das famílias várzea-grandenses, facilitando para os pais e responsáveis pela criança, em fornecer o serviço nas comunidades.

Pontos abertos de vacinação contra a covid-19 para semana de 16 a 21 de maio: ESF do bairro  Água Vermelha; Centro de Saúde Nossa Senhora da Guia; Clínica de Atenção Primária à Saúde 24 de Dezembro; UBS Cabo Michel;  Centro de Saúde Aurília Curvo; ESF São Mateus; Clínica de Atenção Primária à Saúde Jardim Glória; Clínica de Atenção Primária Saúde do bairro Cristo Rei; ESF Manaíra, Centro de Saúde Ouro Verde e Clínica de Atenção Primária à Saúde do bairro Marajoara. 

Leia Também:  Funcionárias de Várzea Grande são homenageadas

A Unidade de Saúde exclusiva para vacinação contra a covid-19 para crianças de 5 a 11 anos, é a situada no bairro Parque do Lago, na Clínica de Atenção Primária à Saúde, e funcionará no horário das 8h às 11h e das 13h às 16h.

O Ponto fixo no Várzea Grande Shopping – ‘Vacinação Cidadã’- continua funcionando, no horário das 10h às 18h, e a vacinação será aplicada em adultos e adolescentes, além da aplicação da quarta dose para idosos com 70 anos a mais. O ponto funciona no Espaço do Centro Estadual de Cidadania, Piso 1, no Várzea Grande Shopping.

Conforme dados da Vigilância em Saúde de Várzea Grande, o Município aplicou, até a data do dia 10 de maio, o total de 483.239 doses da vacina contra a covid-19. Deste total, 225.062 foram aplicações da primeira dose. Segunda dose 178.262, terceira dose 79.051 e quarta dose 864.

O prefeito, Kalil Baracat, ressalta que é importante todos completarem o ciclo vacinal, conforme as recomendações do Plano Nacional de Vacinação, vez que a transmissão da doença continua em grande escala, porém com índices baixos de ocorrências de mortes pela doença. “As ocorrências de mortes diminuíram por causa da vacina, então é importante todos irem aos pontos divulgados para completarem o ciclo vacinal. Só assim todos estarão protegidos e principalmente as crianças. O inverno chegou e também é importante vacinar contra a gripe. Todas as unidades básicas de saúde do nosso município possuem doses disponíveis para idosos acima de 60 anos e os grupos contemplados”, alertou Kalil.

Leia Também:  Primeira-dama de Várzea Grande Kika Dorilêo Baracat recebe Moção de Aplauso e dedica homenagem a todas as mulheres

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA