CUIABÁ

POLÍTICA MT

Faissal sugere que Estado crie aterro sanitário e que serviço passe a ser feito por concessionária

Publicados

POLÍTICA MT


Foto: Carol Coutinho / Assessoria de Gabinete

A Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados de Mato Grosso (AGER-MT) realizou, na sexta-feira (19), uma audiência pública para ouvir reclamações e sugestões relativas aos serviços públicos executados por empresas reguladas pela autarquia. Entre os pontos apontados no encontro, está um abordado pelo deputado estadual Faissal Calil (PV), que destacou a necessidade urgente de se criarem soluções para o saneamento básico e tratamento de lixo nas cidades localizadas na Baixada Cuiabana.

No encontro, realizado na Câmara Municipal de Cuiabá, o deputado relembrou que quando foi vereador pela capital, participou da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigou a concessionária do serviço de água e esgoto que atuava no município, a extinta CAB. Faissal recordou que votou contrariamente ao arquivamento da investigação e disse que, na ocasião, a empresa sequer sabia qual era o percentual de casas e empresas com saneamento e esgotamento sanitário na capital. O parlamentar pontuou que o tema é fundamental para a melhoria da qualidade de vida do mato-grossense.

Leia Também:  Emendas garantem água potável para mais de 300 famílias da Baixada Cuiabana

“Temos um percentual de tratamento de lixo de apenas 18% em Mato Grosso. Em 2019, fizemos um requerimento para que o governo criasse um aterro metropolitano na Baixada Cuiabana. O que temos em Cuiabá é um lixão e não um aterro. Em Várzea Grande, a situação é ainda pior e esses dias, foi encontrada, inclusive, uma perna (humana) lá. Isso é uma aberração. A saída é consorciar e agirmos em conjunto, unindo os municípios para a resolução do problema. E se a situação na capital está assim, imagine só o quão grave está no interior”, afirmou.

Outro tema debatido na audiência diz respeito à atuação da Energisa, empresa concessionária de energia elétrica. O superintendente da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Mato Grosso, Francisco Élcio Lima Lucena, anunciou que a instituição pretende conectar todas as rodovias federais no estado com fibra ótica, mas a concessionária quer cobrar R$ 3,10 por cada poste utilizado. “Fiquei estarrecido com o que o superintendente da PRF relatou. Chega a ser absurdo saber que a Energisa pretende cobrar, e um valor nada barato, pelo uso dos postes, ainda mais por se tratar de uma instituição tão importante no que diz respeito à Segurança Pública”, disse o parlamentar.

Leia Também:  Proposta inclui trabalhadores de restaurantes e congêneres em grupo prioritário de vacinação
Fonte: ALMT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA MT

Ação do deputado Moretto viabiliza a troca 24 pontes de madeira em Cáceres

Publicados

em

Por


Foto: Marcos Lopes

Uma iniciativa do deputado estadual Valmir Moretto (Republicanos) possibilitou a troca de 24 pontes de madeira na zona rural do município de Cáceres, em parceria com o Governo do Estado e Prefeitura. Essa semana começou a chegar a primeira remessa do material.  

A demanda foi apresentada pelo parlamentar na Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra) e atendida por meio do Programa Mais MT do Governo do Estado. Com isso, R$ 1,9 milhão serão investidos no município, sendo a contrapartida de R$ 737.237,60 por parte do Executivo Municipal.

“Parabenizo prefeita Eliene pelo grande trabalho que vem fazendo no município de Cáceres, assim como o vice-prefeito Dr. Odenilson, nossos vereadores e toda equipe da prefeitura na pessoa do secretário municipal de Obras, Wesley. Essa equipe guerreira tem trazido muitos recursos para Cáceres, através da eficiência e do nosso trabalho, que é conjunto com o governador Mauro Mendes e secretário Marcelo de Oliveira, que atenderam mais essa grande demanda”, destaca Moretto.

Leia Também:  AL instala Câmara Setorial Temática para discutir privação de liberdade

A prefeita Eliene Liberato (PSB) agradeceu o apoio do deputado Valmir Moretto ao receber as primeiras unidades das aduelas. “Estamos colhendo frutos de uma gestão participativa, que através de projetos elaborados por nossos funcionários, têm buscado recursos. Agradeço ao deputado Valmir Moretto pelo apoio”.

O secretário municipal de Obras Wesley Lopes destacou que as primeiras 11 pontes a serem trocadas são das regiões da Sadia e Roça Velha. “A gente recebe esse material com grande satisfação. O Governo fornece as peças de concreto e em contrapartida Prefeitura entra com toda a mão de obra e maquinário para a instalação”, salienta.

O vice-prefeito dr. Odenilson afirmou que os maiores beneficiados com o trabalho conjunto são os moradores da zona rural do município. “Estamos melhorando a qualidade de vida dos nossos moradores do campo”.

Fonte: ALMT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA