CUIABÁ

POLÍCIA

Polícia prende homem com 15 kg de entorpecentes em Sinop

Publicados

POLÍCIA


Policiais militares do Grupo de Apoio (GAP) de Sinop prenderam um homem de 21 anos por tráfico ilícito de drogas e porte ilegal de arma de fogo, na noite desta quinta-feira (13.01). Com o suspeito foi apreendido cerca de 15 kg de substância análoga a maconha e 18 munições de calibre .38.

Por volta de 22h30, a equipe do GAP, em rondas pelo bairro Jardim Gramado, visualizou um homem em suspeita em frente a uma residência. Em abordagem, os policiais encontraram dois pedaços de maconha em seus bolsos e, questionado sobre a origem dos entorpecentes, o suspeito revelou que dentro de sua casa haveria mais drogas.

Em buscas pela residência, a equipe localizou mais quatro tabletes de maconha, além de sete e meio tabletes, dois pedaços grandes e quatro porções prontas para a venda, todas da mesma droga. Em depoimento, o suspeito afirmou que teria comprado todo o entorpecente para fazer o tráfico pela região. 

Ainda na residência, os policiais encontraram 18 munições deflagradas de calibre .38. Diante dos fatos, o suspeito e todo o material apreendido em flagrante foi encaminhado para a Delegacia de Polícia de Sinop.

Leia Também:  Motociclista é pega com 10 quilos de maconha durante distribuição em Sinop

Disque-Denúncia  

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.

Fonte: PM MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

Autores de roubo a residência em Ribeirão Cascalheira têm prisão cumprida pelas Polícias de MT e GO

Publicados

em

Por


Assessoria/Polícia Civil-MT

Dois homens envolvidos em um roubo a residência no município de Ribeirão Cascalheira (900 km a leste Cuiabá) tiveram os mandados de prisão cumpridos, nesta quarta-feira (26.01), em ação conjunta da Polícia Civil de Mato Grosso e Polícias Civil e Militar do estado de Goiás.

Um dos suspeitos de 40 anos, teve a ordem de prisão cumprida em Goiânia (GO), onde estava vivendo utilizando documento falso. O segundo envolvido no crime, de 30 anos foi localizado na cidade de Trindade (GO), e também autuado em flagrante pelo crime de posse ilegal de munições.

O roubo ocorreu no dia 26 de agosto, quando os suspeitos se passaram por funcionários do Correios para invadir a residência da vítima no bairro Jardim Tangará e anunciar o assalto à mão armada. No roubo, foram subtraídos valores e armas de fogo da vítima, entre elas duas espingardas, além duas caixas de munições com 100 unidades cada, e diversas cartelas de munições de diferentes calibres.

Assim que a equipe da Delegacia de Ribeirão Cascalheira foi acionada do roubo iniciou as investigações, conseguindo identificar os suspeitos, como dois conhecidos da Polícia, com diversas passagens por diferentes crimes como furtos qualificados, roubo, tráfico de drogas, estupro de vulnerável, ameaça, violação de domicílio nas comarcas de Barra do Garças, Nova Xavantina, Água Boa e Porto Alegre do Norte.

Leia Também:  Polícia Civil encerra semestre em Rondonópolis com incineração de mais de 1,5 tonelada de entorpecentes

Com base nos levantamentos, o delegado de Ribeirão Cascalheira, Sérgio Luís Henrique de Almeida, representou pela prisão preventiva dos suspeitos, que foi deferida pela Justiça, no entanto desde o crime, os suspeitos estavam foragidos.

Nesta quarta-feira, após traca de informações entre as equipes da Delegacia de Ribeirão Cascalheira e Polícias de Goiás, os dois suspeitos tiveram as ordens de prisão cumpridas. O primeiro suspeito foi abordado no Setor Marechal Rondon, em Goiânia (GO), ocasião em que apresentou documento grosseiramente falsificado em nome de um terceiro.

Descoberta sua verdadeira identidade, o suspeito confessou que sabia do mandado de prisão em aberto e por isso estava usando nome falso. Ele foi conduzido à delegacia, onde além de ter o mandado de prisão cumprido, foi autuado em flagrante por uso de documento falso.

A segunda prisão ocorreu no município de Trindade (GO), onde o suspeito foi localizado em uma residência no bairro setor Pontakayana. Na casa, os policiais encontraram no guarda-roupas do suspeito quatro munições calibre 38, sendo o suspeito também autuado em flagrante pelo crime de posse ilegal de arma de fogo.

Leia Também:  Operação Blatta cumpre mandados contra investigado por homicídio ocorrido em abril deste ano

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA