CUIABÁ

POLÍCIA

Polícia Civil identifica criminosos que assaltaram agência de cooperativa de crédito em Cuiabá

Publicados

POLÍCIA


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

A Polícia Civil, por meio da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) identificou os dois criminosos que assaltaram a agência de uma cooperativa de crédito, nesta semana, em Cuiabá.

A identificação da dupla foi possível após os investigadores da GCCO analisarem imagens de câmeras de segurança da área da agência e coletar informações com as vítimas.

Os policiais localizaram o endereço onde os criminosos se esconderam no bairro Dom Aquino. Uma pessoa com as mesmas características físicas de um dos assaltantes foi vista entrando no imóvel.

Nesta quinta-feira, a equipe da GCCO foi até a quitinete e no local encontrou duas camisetas e os dois bonés utilizados na ação criminosa e o simulacro de uma pistola, além de porções de entorpecentes.

A pessoa que estava no local, um homem de 30 anos, identificado como irmão de um dos assaltantes, foi preso em flagrante por tráfico e resistência à prisão. Contra ele também foi cumprido um mandado de prisão decretado pela 9a Vara Criminal por tráfico de drogas.

Leia Também:  Polícia Civil prende integrantes de organização criminosa e apreende R$ 5,8 mil em Nova Xavantina

O delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira destaca que as diligências continuam para localizar os dois autores do assalto. “Essa pessoa presa na quinta-feira vai responder por tráfico e resistência e, até o momento, não foi identificada a participação dele no assalto. A arma que encontramos será analisada para checar se foi a mesma utilizada pelos assaltantes”, apontou o delegado da GCCO.

Assalto

Os assaltantes entraram na agência localizada no bairro Jardim Califórnia, na Capital, no fim da manhã de terça-feira, ambos armados, e quando um deles foi passar pela porta detectora, o equipamento emitiu sinal de que ele estava portando algo em metal. O criminoso alegou que tinha um pino de metal na perna e diante disso, o segurança liberou a entrada. Depois que estava do lado de dentro dos caixas, o criminoso sacou a arma e rendeu o vigilante, enquanto o outro ladrão, pelo vidro, mantinha o segurança sob a mira de uma arma de fogo.

Um dos ladrões recolheu o dinheiro que estava na agência e o outro rendia os clientes que entravam no local. Depois, eles mandaram todas as vítimas para o fundo da agência e fugiram do local.

Leia Também:  Drones, celulares e drogas são apreendidos em casa próxima à PCE, depois de investigação da Polícia Civil

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

Autores de roubo a residência em Ribeirão Cascalheira têm prisão cumprida pelas Polícias de MT e GO

Publicados

em

Por


Assessoria/Polícia Civil-MT

Dois homens envolvidos em um roubo a residência no município de Ribeirão Cascalheira (900 km a leste Cuiabá) tiveram os mandados de prisão cumpridos, nesta quarta-feira (26.01), em ação conjunta da Polícia Civil de Mato Grosso e Polícias Civil e Militar do estado de Goiás.

Um dos suspeitos de 40 anos, teve a ordem de prisão cumprida em Goiânia (GO), onde estava vivendo utilizando documento falso. O segundo envolvido no crime, de 30 anos foi localizado na cidade de Trindade (GO), e também autuado em flagrante pelo crime de posse ilegal de munições.

O roubo ocorreu no dia 26 de agosto, quando os suspeitos se passaram por funcionários do Correios para invadir a residência da vítima no bairro Jardim Tangará e anunciar o assalto à mão armada. No roubo, foram subtraídos valores e armas de fogo da vítima, entre elas duas espingardas, além duas caixas de munições com 100 unidades cada, e diversas cartelas de munições de diferentes calibres.

Assim que a equipe da Delegacia de Ribeirão Cascalheira foi acionada do roubo iniciou as investigações, conseguindo identificar os suspeitos, como dois conhecidos da Polícia, com diversas passagens por diferentes crimes como furtos qualificados, roubo, tráfico de drogas, estupro de vulnerável, ameaça, violação de domicílio nas comarcas de Barra do Garças, Nova Xavantina, Água Boa e Porto Alegre do Norte.

Leia Também:  PM é acionada depois de disparo acidental de arma de fogo em Brasnorte

Com base nos levantamentos, o delegado de Ribeirão Cascalheira, Sérgio Luís Henrique de Almeida, representou pela prisão preventiva dos suspeitos, que foi deferida pela Justiça, no entanto desde o crime, os suspeitos estavam foragidos.

Nesta quarta-feira, após traca de informações entre as equipes da Delegacia de Ribeirão Cascalheira e Polícias de Goiás, os dois suspeitos tiveram as ordens de prisão cumpridas. O primeiro suspeito foi abordado no Setor Marechal Rondon, em Goiânia (GO), ocasião em que apresentou documento grosseiramente falsificado em nome de um terceiro.

Descoberta sua verdadeira identidade, o suspeito confessou que sabia do mandado de prisão em aberto e por isso estava usando nome falso. Ele foi conduzido à delegacia, onde além de ter o mandado de prisão cumprido, foi autuado em flagrante por uso de documento falso.

A segunda prisão ocorreu no município de Trindade (GO), onde o suspeito foi localizado em uma residência no bairro setor Pontakayana. Na casa, os policiais encontraram no guarda-roupas do suspeito quatro munições calibre 38, sendo o suspeito também autuado em flagrante pelo crime de posse ilegal de arma de fogo.

Leia Também:  Mais uma apreensão de cocaína realizada pela PRF em Mato Grosso

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA