CUIABÁ

MATO GROSSO

MTPrev ganha quatro prêmios de inovação previdenciária

Publicados

MATO GROSSO


O Estado de Mato Grosso subiu quatro vezes no palco do 12° Prêmio Aneprem de Boas Práticas de Gestão Previdenciária, considerado o ‘Óscar da Previdência’. Servidores do MTPrev, conselheiros de previdência e de investimentos representaram a autarquia na premiação que fez parte da abertura do 20° Congresso Nacional de Previdência da Aneprem, nesta segunda-feira (22), em Porto de Galinhas – PE.

O MTPrev foi destaque na Modalidade Inovação, conquistando o pódio em 3 das 4 categorias. A autarquia ficou em 1º lugar na Categoria Gestão com o projeto Averbação Digital, em 1ª lugar na Categoria Segurados com o projeto MTPrev Acolhe, e em 3º lugar na Categoria Transformação Digital com o projeto CTC Digital.

O projeto Averbação Digital também ganhou o Prêmio Geral da Aneprem, escolhido pelos participantes do congresso como o melhor entre os vencedores de todas as categorias desta modalidade.
 
Segundo o presidente do MTPrev, Elliton Souza, esses prêmios são resultado da execução de um planejamento que tem por objetivo certificar a previdência do Estado de Mato Grosso com o selo Pro-Gestão RPPS, um programa do Governo Federal que avalia boas práticas de gestão previdenciária.
 
“Todas as novas ferramentas implementadas melhoraram a qualidade da nossa gestão e dos nossos serviços. Foi um ano de trabalho árduo, as equipes tiveram que se superar, mas esses prêmios mostram que estamos no caminho certo. Se tudo caminhar como o planejado, vamos certificar o MTPrev com o Pró-Gestão ainda em 2021”, afirma o presidente.
 
Prêmio Destaque de Responsabilidade Previdenciária da Abipem
 
Em 11 de novembro, o MTPrev também conquistou o 3º lugar entre os estados no Prêmio Destaque de Responsabilidade Previdenciária 2021, promovido pela Associação Brasileira de Instituições de Previdência Estaduais e Municipais (ABIPEM). A premiação aconteceu durante o 54º Congresso Nacional da Abipem, em Goiânia – GO.
 
O prêmio tem o objetivo de reconhecer instituições que sirvam de referência no âmbito da gestão previdenciária, analisando 110 requisitos, divididos nas áreas administrativa, financeira e atuarial, e concessão de benefícios.
 
Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Terça-feira (02): Mato Grosso registra 547.087 casos e 13.935 óbitos por Covid-19
Propaganda

MATO GROSSO

Estudantes da rede estadual terão aulas de inglês a partir do 1º ano do ensino fundamental

Publicados

em

Por


Estudantes dos anos inicias do Ensino Fundamental da rede estadual de ensino de Mato Grosso passarão a ter aulas de Língua Inglesa entre os componentes curriculares a partir deste ano. Por conta desta mudança, os professores receberão formação continuada por meio de plataforma virtual para ministrar as aulas.

Com investimentos de R$ 14 milhões, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) realizou a contratação da empresa Pearson Education do Brasil LTDA, que irá fornecer materiais pedagógicos, e da empresa EF (English First) para suporte no ensino do idioma no meio digital, tanto para professores quanto para os alunos do Ensino Médio da rede estadual de ensino. A contratação foi publicada no Diário Oficial.

“Pela primeira vez nós vamos atender todo o ensino fundamental do Estado de Mato Grosso com a língua inglesa. Tenho certeza que essa vai ser uma ação muito importante porque a atividade vai reforçar o conhecimento e aprendizado dos nossos estudantes e gerar novas oportunidades”, destaca o secretário de Estado de Educação, Alan Porto.

Ensino Fundamental

Com o objetivo de preparar os estudantes o mais cedo possível para a aprendizagem de uma nova língua, alunos dos anos iniciais do Ensino Fundamental (1° ao 5° ano) passarão a ter aulas de Língua Inglesa na matriz curricular pela primeira vez. Atualmente, os alunos têm a disciplina a partir do 6º ano até o final do ensino médio. Para isso, foram adquiridos materiais didáticos da empresa Pearson Education, com metodologia direcionada para o ensino do idioma às crianças. Para praticar a língua e incentivar a leitura, livros paradidáticos em inglês serão entregues disponibilizados nas bibliotecas das unidades escolares durante o ano letivo. O projeto de leitura pretende atender os estudantes do Ensino Fundamental e Ensino Médio.

Leia Também:  Técnicos da Empaer participam de treinamento para auxiliar produtores de piscicultura

Ensino Médio                                                                                                                                                                              

Os estudantes do ensino médio receberão acesso à plataforma digital English Live, da empresa EF, como complemento dos conhecimentos adquiridos durante as aulas. Por meio da ferramenta, após um teste de nivelamento, os estudantes irão dispor de atividades de compreensão auditiva e escrita, de acordo com o seu grau de domínio do idioma.

Professores

Para que todos os professores da Língua Inglesa da rede estejam preparados para lecionar com os novos materiais, a Seduc irá proporcionar formação continuada para trabalhar com os materiais didáticos e paradidáticos.

Além disso, para que os professores do idioma melhorem a sua proficiência na língua inglesa, todos também receberão acesso à plataforma English Live (empresa EF). O conteúdo ficará disponível 24h por dia e permitirá que o profissional construa o seu percurso formativo conforme o seu nível de proficiência, com exercícios de fala, escrita e audição e aulas ao vivo com professores nativos.

Leia Também:  Primeira-dama entrega brinquedos e cestas de Natal para crianças e famílias de Primavera do Leste

O acesso a plataforma será disponibilizado primeiro aos professores e depois aos estudantes, no decorrer do ano letivo. Cerca de mil professores serão beneficiados e, a partir da próxima semana, receberão notificação por e-mail com instruções para uso da ferramenta digital.

(Supervisão de Evelyn Ribeiro)

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA