CUIABÁ

MATO GROSSO

Mais de 6 mil servidores recebem treinamento para uso do sistema de documentos digitais

Publicados

MATO GROSSO


O Governo de Mato Grosso, por meio da Controladoria Geral do Estado (CGE-MT) e da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), já capacitou 6.420 servidores de nove órgãos e entidades para o uso do Sistema Estadual de Produção e Gestão de Documentos Digitais (Sigadoc). Intitulada “Simplificando o SIGADOC: como acessar, criar, visualizar, tramitar e receber”, a série de treinamentos iniciou neste mês de outubro e segue até 10 de dezembro de 2021 como parte do 14º ciclo do “Programa CGE ORIENTA – Estado Íntegro e Eficaz”.

Os treinamentos estão sendo realizados via plataforma Google Meet, com transmissão simultânea pelo YouTube da CGE. Os vídeos ficam disponíveis no canal para consulta e já contabilizaram quase 30 mil visualizações até o momento.

Conforme o secretário adjunto de Auditoria e Controle da CGE-MT, José Alves Pereira Filho, a coordenação de implantação do Sigadoc definiu critérios para selecionar as secretarias contempladas nesta primeira etapa de preparo de servidores para utilização da ferramenta.  As escolhas foram baseadas nas diferentes características de cada órgão.

“Nesta primeira etapa, foram selecionados órgãos de diversas características para que pudéssemos demonstrar a capacidade do sistema para atender todos os segmentos de cada órgão do Estado. O sistema, por exemplo, é capaz de atender a realidade tanto de órgãos pequenos quando órgão maiores, com estruturas administrativas desconcentradas, com unidades no interior”, explicou o secretário adjunto.

Leia Também:  Segunda-feira (20): Mato Grosso registra 531.912 casos e 13.726 óbitos por Covid-19

No entanto, o ciclo de capacitações vai além de instruir os usuários para uma situação automática de como acessar o sistema, criar documentos e visualizar processos. Nas apresentações, os instrutores trabalham para que o servidor identifique e conheça as vantagens do sistema digital na rotina de trabalho, na desconstrução da ideia de uma ferramenta complexa e inacessível, evidenciando que o Sigadoc é uma solução tecnológica que gera excelentes resultados para a gestão, como segurança, transparência, economia e sustentabilidade ambiental.

No que se refere ao incentivo para uma participação mais ativa e produtiva dos servidores, os treinamentos estão sendo realizados pelo Google Meet, plataforma de videoconferência da Google, que permite a interação entre instrutores e os servidores.

Um dos instrutores do treinamento, o auditor Paulo Farias, destaca a receptividade e o empenho dos servidores. “Quando começamos a elaborar o treinamento, estávamos um pouco receosos quanto à receptividade e adesão dos órgãos, considerando que o Sigadoc é algo novo, ainda em processo de implantação. Havia uma visão de que o sistema era algo difícil. Porém, encontramos participação efetiva e engajada dos órgãos”, pontuou.

Leia Também:  Live ensina artesãos a precificar seu trabalho e ter remuneração justa

Outro instrutor da capacitação, o auditor Aprígio Guilherme Miranda de Freitas, também frisa a participação engajada dos servidores e seus respectivos órgãos na adoção do sistema. Para ele, a participação é essencial, levando em conta que a implantação da ferramenta é definitiva.

“Os servidores estão empenhados em aprender. Neste momento, é essencial a participação de todos. Em 2022, de acordo com o decreto publicado (Decreto nº 1.161/2021), todos os processos serão feitos diretamente no Sigadoc. Então, os servidores que não participarem, não conseguirão exercer as suas atribuições”, adverte o auditor.

Para aqueles que, mesmo após os treinamentos ainda tiverem dúvidas quanto ao uso da ferramenta, a Seplag e a CGE têm canais virtuais disponíveis para atendimento.

Chat

[email protected]

[email protected]

Demais contatos para suporte (Seplag-MT)

Coordenadoria: (65) 3613-3219/ (65) 99699-7970

Gerência Suporte: (65) 99338-1499

Gerência de Validação: (65) 99224-5767

Google Meet: https://meet.google.com/bym-ntez-uar?authuser=0

Confira abaixo o cronograma do treinamento por órgão/entidade:

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Estudantes da rede estadual terão aulas de inglês a partir do 1º ano do ensino fundamental

Publicados

em

Por


Estudantes dos anos inicias do Ensino Fundamental da rede estadual de ensino de Mato Grosso passarão a ter aulas de Língua Inglesa entre os componentes curriculares a partir deste ano. Por conta desta mudança, os professores receberão formação continuada por meio de plataforma virtual para ministrar as aulas.

Com investimentos de R$ 14 milhões, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) realizou a contratação da empresa Pearson Education do Brasil LTDA, que irá fornecer materiais pedagógicos, e da empresa EF (English First) para suporte no ensino do idioma no meio digital, tanto para professores quanto para os alunos do Ensino Médio da rede estadual de ensino. A contratação foi publicada no Diário Oficial.

“Pela primeira vez nós vamos atender todo o ensino fundamental do Estado de Mato Grosso com a língua inglesa. Tenho certeza que essa vai ser uma ação muito importante porque a atividade vai reforçar o conhecimento e aprendizado dos nossos estudantes e gerar novas oportunidades”, destaca o secretário de Estado de Educação, Alan Porto.

Ensino Fundamental

Com o objetivo de preparar os estudantes o mais cedo possível para a aprendizagem de uma nova língua, alunos dos anos iniciais do Ensino Fundamental (1° ao 5° ano) passarão a ter aulas de Língua Inglesa na matriz curricular pela primeira vez. Atualmente, os alunos têm a disciplina a partir do 6º ano até o final do ensino médio. Para isso, foram adquiridos materiais didáticos da empresa Pearson Education, com metodologia direcionada para o ensino do idioma às crianças. Para praticar a língua e incentivar a leitura, livros paradidáticos em inglês serão entregues disponibilizados nas bibliotecas das unidades escolares durante o ano letivo. O projeto de leitura pretende atender os estudantes do Ensino Fundamental e Ensino Médio.

Leia Também:  Live ensina artesãos a precificar seu trabalho e ter remuneração justa

Ensino Médio                                                                                                                                                                              

Os estudantes do ensino médio receberão acesso à plataforma digital English Live, da empresa EF, como complemento dos conhecimentos adquiridos durante as aulas. Por meio da ferramenta, após um teste de nivelamento, os estudantes irão dispor de atividades de compreensão auditiva e escrita, de acordo com o seu grau de domínio do idioma.

Professores

Para que todos os professores da Língua Inglesa da rede estejam preparados para lecionar com os novos materiais, a Seduc irá proporcionar formação continuada para trabalhar com os materiais didáticos e paradidáticos.

Além disso, para que os professores do idioma melhorem a sua proficiência na língua inglesa, todos também receberão acesso à plataforma English Live (empresa EF). O conteúdo ficará disponível 24h por dia e permitirá que o profissional construa o seu percurso formativo conforme o seu nível de proficiência, com exercícios de fala, escrita e audição e aulas ao vivo com professores nativos.

Leia Também:  FCO injetará mais de R$ 419 milhões nos setores empresarial e rural de Mato Grosso

O acesso a plataforma será disponibilizado primeiro aos professores e depois aos estudantes, no decorrer do ano letivo. Cerca de mil professores serão beneficiados e, a partir da próxima semana, receberão notificação por e-mail com instruções para uso da ferramenta digital.

(Supervisão de Evelyn Ribeiro)

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA