CUIABÁ

MATO GROSSO

Consulta busca alternativas para ampliar igualdade de gênero no MPMT

Publicados

MATO GROSSO


Em atendimento à demanda apresentada pelo Comitê de Promoção da Igualdade, será lançada na próxima quarta-feira (01) consulta online aos integrantes do Ministério Público do Estado de Mato Grosso para complementação e potencialização das estratégias de promoção da igualdade de gênero na instituição. O formulário assegura o anonimato e poderá ser respondido até o dia 30 de janeiro de 2022.

De acordo com dados obtidos por meio da pesquisa de clima organizacional, a maioria dos integrantes do MPMT é do gênero feminino. Entretanto, ao cruzar esta informação com os tipos de ocupação dos cargos, evidencia-se que os cargos que envolvem tomada de decisão e melhor remuneração (membros e lideranças) são predominantemente ocupados por homens.

“Este dado nos direciona a relevância das estratégias para proporcionar a ascensão de mulheres aos postos de decisão e de liderança, conforme já incentivado pelo Ato Administrativo 738/2018 que dispõe sobre percentual mínimo de representatividade feminina nos cargos e funções de gestão institucional no âmbito do MPMT”, ressaltou a promotora de Justiça auxiliar da Procuradoria-Geral de Justiça e coordenadora do Vida Plena, Claire Vogel Dutra.

Leia Também:  Pleno mantém suspenso pregão presencial da Prefeitura de Nova Mutum

Outro aspecto da proposição é considerar as singularidades das mulheres trabalhadoras e as estratégias para sua manutenção no trabalho. A exemplo, da garantia da vinculação das gestantes e a oferta de modalidades de trabalho que contemple as especificidades da amamentação. “A consulta aberta aos/às integrantes é essencial para levantar sugestões e evitar a exclusão das mulheres trabalhadoras, como sinalizado na Recomendação CNMP nº 83/2021, que dispõe sobre condições diferenciadas a gestantes e lactantes, na realização de concurso público, em curso de vitaliciamento, no estágio probatório e durante o exercício das funções institucionais”, acrescentou a coordenadora.

PRIMEIRO PASSO – Com a publicação do Ato Administrativo 738/2018, visando a igualdade de oportunidades profissionais entre os gêneros, atualmente, as mulheres ocupam 50% dos cargos de liderança na Administração Superior e 60% das chefias de departamento.

De acordo com o Ato, os cargos e funções de gestão institucional devem ser ocupados observando-se a representatividade feminina proporcional ao percentual de promotoras de Justiça e procuradoras de Justiça na ativa nos quadros da instituição. O critério também deverá ser observado na formação de bancas, comissões e grupos institucionais, bem como na realização de cursos, congressos, palestras e demais eventos a cargo do Ministério Público do Estado de Mato Grosso.

Leia Também:  Mais de 6 mil servidores recebem treinamento para uso do sistema de documentos digitais
Fonte: MP MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Governador: “Se com logística desfavorável, MT chegou onde chegou, imagina agora com os fortes investimentos do Governo”

Publicados

em

Por


Durante o fórum “Mato Grosso Um Gigante do Brasil”, o governador Mauro Mendes falou das perspectivas do estado para os próximos anos e afirmou que os investimentos do Governo de Mato Grosso tem alavancado o setor econômico e social.

A abertura do fórum ocorreu na noite de sexta-feira (26.11) e contou com a presença do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, do presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, além de políticos mato-grossenses e empresários de todo o país.

“Hoje o Estado tem um relevante papel no agronegócio brasileiro. Mas podemos crescer muito mais. Nos próximos 10 anos a demanda mundial de alimentos vai crescer em torno de 20%. Só o brasil pode crescer isso em produção. E dentro do Brasil, só Mato Grosso tem capacidade para dobrar sua produção”, relatou.

A exigência global pela compra de produtos com origem sustentável foi destacada pelo governador, ao mencionar que Mato Grosso tem uma das metas mais ousadas de redução de carbono, que é a de neutralizar as emissões até 2035.

Leia Também:  MTPrev ganha quatro prêmios de inovação previdenciária

“Quando eu falo que Mato Grosso pode dobrar sua produção, considero essa exigência do mercado internacional pela sustentabilidade. A ampla maioria dos produtores já tem ciência disso e respeita a legislação. E mais: hoje nosso estado pode expandir muito a produção sem precisar de desmate ilegal”, afirmou.

Outro fator que tem tornado a economia mato-grossense mais competitiva, conforme Mauro Mendes, é a melhoria da logística, que ocorre por meio dos fortes investimentos do Governo do Estado por meio do programa Mais MT.

“Vamos terminar 2022 com mais de 2500 km de asfalto novo, em todas as regiões. Milhares de pontes de concreto e de aduelas substituindo balsas e pontes precárias de madeira. Asfalto restaurado são outros milhares de km. E também autorizamos a Ferrovia Estadual, outro marco inédito no país”.

“Ao longo das décadas conseguimos construir, mesmo longe dos portos, o agronegócio mais competitivo do mundo. Superamos essa dificuldade. Se com logística desfavorável, Mato Grosso chegou onde chegou, imagina agora com esses fortes investimentos do Governo”, destacou.

Leia Também:  Secretário de Desenvolvimento Econômico destaca produção aliada à sustentabilidade em MT: exemplo para o mundo

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, endossou a fala e afirmou que Mato Grosso tem dado exemplo de competitividade econômica.

“Quando eu vejo o governador falar do que foi feito em Mato Grosso, tenho certeza que os frutos serão colhidos no futuro em termos de produtividade, em avanço para a população. O Mato Grosso na sua importância agroindustrial é um exemplo para o Brasil”, pontuou.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA