CUIABÁ

CUIABÁ

Pacientes que aguardam por cirurgias eletivas passam por consulta e exames pré-operatórios

Publicados

CUIABÁ

A Prefeitura de Cuiabá,  por meio da Secretaria Municipal de Saúde, iniciou na quinta-feira (26), os exames pré-operatórios de risco cirúrgico para os pacientes que passarão por cirurgias de média e alta complexidade, que serão realizadas este ano no antigo Hospital e Pronto Socorro Municipal de Cuiabá (HPSMC), por meio do programa Mais MT Cirurgias. 

As pessoas que compareceram no HPSMC para os exames pré-operatórios, primeiramente, receberam uma ligação da Central de Regulação para marcar os procedimentos. Aproximadamente 2.400 pacientes estão sendo agendados para fazer os exames, com cronograma de 40 atendimentos diários.

“Estive presente para acompanhar e acolher os pacientes nos exames pré-operatórios. Todos fizeram o exame de sangue, e passarão por consulta clínica, ainda será feita a consulta com cardiologista, ultrassom e tomografia, caso necessário, e ecocardiograma para pacientes acima de 40 anos. Caso o paciente apresente algum problema, será feita a justificativa e orientação para buscar o devido tratamento”, informou o secretário adjunto de Planejamento e Operações, Oscarlino Alves.

Leia Também:  Secretaria Municipal da Mulher lança programação para o mês de Março

O secretário revelou ainda que o hospital passou por visita técnica dos representantes do Escritório Regional de Saúde da Baixada Cuiabana, que estiveram no local para fiscalizar os leitos onde os pacientes ficarão internados e que os ambientes foram aprovados.

Para agilizar o atendimento, é importante o paciente levar o documento de identificação pessoal e o cartão SUS.  “Nossa expectativa é que tenhamos o número suficiente de procedimentos cirúrgicos realizados. Os pacientes que estiverem com o risco cirúrgico liberado, passarão por uma última avaliação do médico responsável pela equipe de cirurgia, para validar e inserir os pacientes no cronograma cirúrgico. No momento, aguardamos o resultado do credenciamento para a mão de obra médica especializada, para a realização das cirurgias, que contemplam diversas especialidades”, explicou o secretário. 

Segundo ele, a Central de Regulação e as equipes das unidades básicas de saúde estão trabalhando a todo vapor para conseguir localizar todos os pacientes e marcar os procedimentos. “Estruturamos uma equipe de call center especificamente para esse chamamento, mas apenas 30% dos 11.504 pacientes que aguardam na fila por cirurgias de 2015 a junho de 2021 foram localizados. Muitos telefones e endereços estão desatualizados, motivo que dificulta a busca”, informou. “Precisamos que essas pessoas nos procurem para que possamos agendar as cirurgias. Se o paciente não for localizado após três tentativas sucessivas, seguiremos a ordem cronológica do próximo da fila”, comentou.

Leia Também:  Semob realiza teste para implantação de 'direita livre' no viaduto Jamil Boutros Nadaf

Os telefones da Central de Regulação estão sendo utilizados para a busca ativa da listagem da regulação. O número (065) 3614-5561 foi colocado exclusivamente para receber ligações em função do congestionamento.

Com a alta demanda, as linhas podem estar ocupadas, então, além do contato telefônico os pacientes podem entrar em contato presencialmente na Central de Regulação, na Prainha, em Cuiabá. Outros números da Central são: 3614-5563 / 3614-5564 / 3614-5561 / 3614-5548 e 3614-5558. 

Pacientes de outras cidades podem solicitar às respectivas Secretarias Municipais de Saúde que entrem em contato com a Equipe de Apoio aos Municípios da Central de Regulação de Cuiabá para que possam agendar os procedimentos.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CUIABÁ

Nota oficial sobre a questão envolvendo convênios entre a Prefeitura de Cuiabá e Governo do Estado

Publicados

em

Por

Nota à Imprensa 

– A Prefeitura de Cuiabá vem a público esclarecer que o governador do Estado de Mato Grosso atua de maneira irresponsável ao propagar inverdades que servem a finalidade eleitoreira. 

– A gestão atua em observância à legislação e cumpre ritos e prazos devidamente constituídos, tendo como premissa o bem-estar coletivo, verdadeiro sentido de uma administração pública.  

– A tentativa de macular a gestão e induzir a população ao erro, somente evidenciam o desrespeito aos mais de 600 mil cidadãos que aqui residem, trabalham e são personagens fundamentais na construção de um Estado cada vez melhor. 

– Diferentemente do que foi propagado, a Prefeitura enfatiza que as certidões exigidas pelo sistema SIGCom-MT para celebração de convênios entre o Estado e Municípios estão todas dentro do prazo de validade. 

– Destaca que dentro do próprio sistema é possível constatar a validade de todos esses documentos. 

– O que existe atualmente é um impeditivo à habilitação plena por pendências na prestação de contas em convênios firmados em 2012 e 2015, esse último ano em que o atual governador do Estado ocupava o cargo de prefeito de Cuiabá. 

Leia Também:  Setor produtivo conhece detalhes sobre a concessão do Parque Nacional de Chapada dos Guimarães

– Importante ressaltar que o vice-prefeito José Roberto Stopa entregou todos os projetos, atendendo também dessa forma os requisitos que são estabelecidos pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra).

Fonte: Prefeitura de Cuiabá MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA