CUIABÁ

CARROS E MOTOS

Saiba os prós e contras do GNV para fugir do alto preço da gasolina

Publicados

CARROS E MOTOS


source
GNV: economia não é o único fator envolvido na questão da conversão que custa entre R$ 5 mil e R$ 9 mil hoje em dia
Divulgação

GNV: economia não é o único fator envolvido na questão da conversão que custa entre R$ 5 mil e R$ 9 mil hoje em dia

Com a gasolina custando mais de R$ 7 o litro em várias regiões do Brasil já tem muita gente pensando em converter o carro para funcionar com GNV. Segundo a ANP (Agência Nacional de Petróleo) a economia em relação ao derivado de petróleo é de 51,3% e se comparado ao etanol chega a 55,8%. Porém, há prós e contras que envolvem a escolha da conversão.

Gasta-se 51,3% menos ao usar GNV na comparação com a gasolina a economia chega a 55,8%, mas é preciso salientar que, em média, precisa-se de 32 meses para pagar o investimento do kit gás para quem roda 500 quilômetros no mês. Portanto, a questão do custo mais baixo do GNV é mais interessante para quem costuma rodar bastante com o carro. Ouça mais detalhes a seguir.

Leia Também:  VW ID.4 faz viagem mais longa para carro elétrico e bate recorde


Principalmente no caso da conversão de carro movidos apenas a gasolina para GNV, a redução do rendimento do motor é maior, por causa da menor taxa de compressão. No caso dos kits de GNV de 5ª geração , em média, a perda de potência chega a 5%. Além disso, há casos em que é recomendável ajustar a suspensão por caisa do peso extra dos cilindros de gás.

Conforme especialistas, o gás natural tem uma emissão de gases poluentes 15% menor que o etanol e 20% menor do que a gasolina. Isso ocorre porque a queima do GNV é muito mais completa do que a da gasolina e do etanol . Além disso, o gás natural também é mais seguro. Por ser um combustível mais leve que o ar e possuir uma queima menor.

Leia Também

Outra desvantagem ainda é que os veículos zero quilômetro perdem a garantia de fábrica depois que o equipamento de gás é instalado. A justificativa é que o carro com GNV sofre alterações em sua estrutura.

De acordo com especialistas, um carro com GNV desvaloriza, em média, de 15% a 20% na hora da venda ou troca por outro veículo . Isso porque o carro se torna modificado, ou seja, não é mais original de fábrica. Além disso, a venda deste tipo de veículo costuma ser mais difícil e geralmente é associado a perfil de motoristas que rodam muito

Leia Também:  Salão de Paris deverá voltar em 2022 depois de intervalo de quatro anos

Não é barato o custo com a instalação do equipamento que permite que o veículo seja abastecido com GNV . Hoje em dia, varia de R$ 5 a 9 mil, dependendo do tamanho do cilindro e do modelo do automóvel. Esse investimento no carro com GNV valerá a pena a médio e longo prazo.

Também é importante ficar atento às normas para uso do GNV . Para poder rodar com um carro com kit GNV é preciso passar por uma vistoria anual de segurança junto ao Inmetro, atestando de qualidade do equipamento e assim obter o selo que permite a circulação desse veículo.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CARROS E MOTOS

O Renault Master chega à linha 2023 com novo visual e equipamentos

Publicados

em

Por


source
Renault Master 2023 também ganha atributos no visual que aproximam seu desenho com carros de passeio da marca
Divulgação

Renault Master 2023 também ganha atributos no visual que aproximam seu desenho com carros de passeio da marca

É lançada a linha 2023 do furgão Renault Master. Chega oferecido nas versões Chassi cabine: R$ 187.600; Furgão (L1 H1): R$ 207.900; Gran Furgão (L2 H2): R$ 216.000; Extra Furgão (L3 H2): R$ 221.000.

A dianteira, o interior e a parte mecânica do Renault Master 2023 foram os pontos que mais mudaram. Outra novidade é o plano de assinatura Renault on Demand, para que o cliente profissional possa assinar o carro para usá-lo nos negócios.

O novo visual do Master inclui uma grade frontal mais robusta, que leva faróis menores e posicionados na horizontal, com luzes diurnas em LED (DRL). O logotipo da Renault fica maior e se encontra em destaque na dianteira. Por dentro, ganha um novo volante, pensado para aperfeiçoar a ergonomia. Todas as versões vêm com cluster analógico e tela de 3,5 polegadas.

Leia Também:  Turbi lança modalidade para aluguel mensal de carros a partir de R$ 2,1 mil

Migrando para o conjunto mecânico do furgão , a única opção de motor é o novo 2.3 dCi turbodiesel, que entrega 136 cv e 36,7 kgfm. Segundo a Renault , além de melhorar a potência, promete 30% a mais de economia em relação ao anterior. O câmbio tem seis marchas, sendo a última um overdrive.

O Master 2023 também ganhou equipamentos. Todas as versões e carrocerias contam com ar quente, computador de bordo, banco do motorista com regulagem de altura e profundidade, direção eletro-hidráulica com regulagem de profundidade, retrovisores elétricos com dupla visão , travas e vidros elétricos. Airbag duplo, freios ABS.

Além disso, o novo Renault Master 2023 traz os controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampas, sistema anti-capotamento, assistente de tração e reboque, assistente de aderência prolongada em partida (voltado para o arranque em pisos escorregadios), auxílio à frenagem de urgência, controle adaptativo de carga e sistema estabilizador de vento lateral.

Fonte: IG CARROS
Leia Também:  BYD apresenta base 'e-Platform 3.0' para seu novo conceito de carro elétrico

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA