CUIABÁ

CARROS E MOTOS

Fiat lança Scudo com versão elétrica baseado e nos modelos da PSA

Publicados

CARROS E MOTOS

source


Fiat Scudo conta com versão elétrica além da tradicional a combustão, movida a diesel
Divulgação

Fiat Scudo conta com versão elétrica além da tradicional a combustão, movida a diesel

A Fiat lança o Fiat Scudo, um furgão médio que atende às mais variadas necessidades e que a partir da CNH de categoria B já é permitida conduzir o veículo. Além disso, o novo furgão chega também na versão elétrica denominada e-Scudo. 

Montado no Uruguai , o Fiat Scudo conta com 1,94 m de altura e um comprimento de 5,3 m e com volume de 6,1 m³, a capacidade de carga é de até 1,5 tonelada o que permite transportar itens de até 2,8 metros de comprimento.

 O utilitário da Fiat chega em duas versões com motor térmico (Cargo e Multi), e em duas cores: Prata Aluminiun e Branco Banchisa. A primeira, destinada ao transporte de cargas e a outra, homologado como veículo de carga, mas pode ser adaptado também para o transporte de pessoas.

Essas estão equipadas com motor 1.5 turbodiesel , de 120 cv e torque de 30,59 kgfm. Com câmbio manual de seis velocidades, a capacidade do tanque é de 69 litros e tem autonomia média de 800 km. A função start/stop também ajuda na redução do consumo e menos ruído.

Leia Também:  Testamos a esponja especial revitalizadora Original Protectant Sponge

De acordo com a fabricante, o consumo de combustível do furgão é de 12,4 km/l. Além disso, oferece também o menor valor de manutenção considerando a cesta de peças utilizada como padrão pela Anfavea. O custo de reposição chega a ser até 14% menor do que a concorrência.

Uma das características do motor estreante na linha Fiat é o tanquinho para AdBlue (mistura de água e uréia – equivalente ao Arla 32) para tratar os gases de exaustão e reduzir a emissão de poluentes.

Outra novidade que é a versão 100% elétrica e-Scudo equipada com motor elétrico com 136 cv de potência (100 kW) e 26,51 kgfm de torque e com autonomia de até 330 km, alimentado por um conjunto de baterias de íons de lítio de 75 kWh, OBC de 11 kW trifásico e motor elétrico.

Outras vantagens é o carregamento com carga rápida (80% em 48 minutos), além de funções que otimizam o consumo, como o break mode, função de frenagem regenerativa que atua como um freio motor, o que permite conservar ou mesmo recarregar parcialmente a bateria.

Interior da versão elétrica do Scudo se diferencia da movida a diesel por detalhes como o seletor de marchas
Divulgação

Interior da versão elétrica do Scudo se diferencia da movida a diesel por detalhes como o seletor de marchas

Leia Também:  BMW Série 3 chega com blindagem de fábrica em todas as versões

Importado da França (Sevel Nord), o e-Scudo ainda é equipado com um e-seletor de modo de condução, que oferece três opções: Normal (melhor  autonomia e desempenho); Eco (para otimizar o consumo de energia) e Sport (mais potência e torque).

Disponível na exclusiva cor Cinza Artense ou Branco Banchisa, o Fiat Scudo possui garantia de três anos ou 100 mil km nas versões térmicas. Na versão elétrica, além dos 3 anos (ou 160 mil km) do veículo, a garantia da bateria é de 8 anos.

Todos os modelos já estão disponíveis na pré-venda em todas concessionárias da rede Fiat . Confira abaixo os preços sugeridos de cada versão:

Fiat Scudo Cargo: R$ 187.490

Fiat Scudo Multi: R$ 192.490

Fiat e-Scudo Cargo: R$ 329.990

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CARROS E MOTOS

Mini traz 15 unidades da série Pat Moss Edition do John Cooper Works

Publicados

em

Por


Nome de Pat Moss é uma homenagem a piloto britânica que deu à Mini sua primeira vitória em  uma prova de rali
Divulgação

Nome de Pat Moss é uma homenagem a piloto britânica que deu à Mini sua primeira vitória em uma prova de rali

A Mini anuncia que vai trazer ao mercado brasileiro a série especial do John Cooper Works batizada de Pat Moss, em homenagem à piloto britânica que deu à Mini sua primeira vitória em um rali internacional, há 60 anos.

De acordo com a fabricante inglesa, o modelo tem apenas 800 unidades espalhadas em todo o mundo, sendo que apenas 15 serão destinadas para pré-venda no Brasil ao preço de R$ 318.390 , com as primeiras entregas programadas para setembro. 

Disponibilizada na cor Preto Midnight para a carroceria e teto multitone de três cores (Preto Jet, Cinza Melting e Vermelho Chili), o hatch agrega faixa branca no capô além da assinatura da Pat Moss no para-choque dianteiro. 

Leia Também:  Testamos a esponja especial revitalizadora Original Protectant Sponge

Por dentro, além da assinatura da piloto, há também sistema de som da renomada Harman/Kardon , head up display , painel digital, central multimidia touchscreen de 8,8 polegadas e sistema de navegação integrado.

O motor é biturbo de 2,0 litros de quatro cilindros de 231 cv e torque de 32,63 kgfm e a transmissão de 8 velocidades. Segundo a fabricante, de 0 a 100 km/h são feitos em 6,1 segundos e a velocidade máxima é de 246 km/h.

Pat Moss e a navegadora, Ann Wisdom venceram no Rally de Monte Carlo em 1964, 1965 e 1967 e décadas depois, a vitória geral no Paris-Dakar quatro vezes seguidas (2012 e 2015), além de mais duas gerais (2020 e 2021).

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA