CUIABÁ

AGRONEGÓCIO

Presidente da Aprosoja-MT se reúne com ministros da Agricultura e do Meio Ambiente

Publicados

AGRONEGÓCIO

Presidente da Aprosoja-MT se reúne com ministros da Agricultura e do Meio Ambiente

Fernando Cadore participou de agendas nesta segunda e terça-feira (23 e 24) para tratar de temas como plano safra, aumento no custo da produção e comércio de carbono

24/05/2022

O presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT), Fernando Cadore, cumpriu duas agendas importantes nesta segunda e terça-feira (23 e 24.05), em Brasília, com os ministros da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Marcos Montes, e Meio Ambiente (MMA), Joaquim Leite.

“Apresentei aos ministros questões internas e externas que impactam no custo de produção e que vem refletindo em um reajuste generalizado em toda a cadeia produtiva. É importante entender que a conta não é apenas do produtor rural e que quem acaba pagando é a população, na prateleira do supermercado”, destacou Cadore.

Entre os temas na pauta com o MAPA estiveram o plano safra 2022/2023, o alto custo dos insumos agrícolas e, principalmente, os desafios da produção de grãos em Mato Grosso, que carece de estrutura da “porteira para fora” para se manter competitivo, o que inclui logística adequada para escoamento da produção. Além disso, ele citou o impacto na quebra da safra de milho, com uma perda estimada em 4 milhões de toneladas por conta da estiagem prolongada.

Leia Também:  Tecnologia e produção são destaques na Norte Show

Já na reunião-almoço de hoje com a Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), Cadore apresentou ao ministro Joaquim Leite o trabalho pioneiro realizado pela Aprosoja-MT sobre sequestro de carbono na agricultura, já solicitando mecanismos de comercialização do produto em benefícios dos produtores mato-grossenses.

“Também sugerimos ao presidente da FPA, o deputado federal Sérgio Souza, que a Frente represente as multinacionais de fertilizantes na Organização Mundial do Comércio (OMC) por formação de cartel pelas altas sem precedentes deste insumo, caso contrário, poderá ocorrer um desabastecimento mundial de alimentos”, disse o presidente da Aprosoja-MT.

Fonte: Rose Domingues

Assessoria de Comunicação

Contatos: Telefone: 65 3644-4215 Email: [email protected]

Fonte: APROSOJA

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

AGRONEGÓCIO

Rendimentos de trigo produzidos na Ucrânia podem ser reduzidos, enquanto os de milho podem aumentar

Publicados

em

Por

A unidade de pesquisa agrícola SovEcon da Rússia reduziu seu rendimento de grãos ucraniano em 2022 em 1,4 milhão de toneladas, para 20,7 milhões de toneladas. Na temporada de 2021, o valor total registrado foi de 32,2 milhões de toneladas.

Em termos de safra de milho do país, a consultoria aumentou sua previsão em 1,1 milhão de toneladas, para 28,1 milhões de toneladas ante 42,1 milhões de toneladas até 2021.

De acordo com Andrey Sizov, analista do mercado de trigo da região do Mar Negro e diretor da SovEcon, em um relatório enviado aos clientes, os rendimentos do trigo são baixos nas áreas devastadas pela guerra. Soma-se a isso o baixo rendimento de grãos devido à falta de chuvas. “Grande parte das áreas semeadas recebeu apenas 60% e 80% da precipitação normal durante os últimos meses”, disse.

Odessa, uma cidade costeira da Ucrânia na costa do Mar Negro, recebeu menos de 50% das chuvas. “A produtividade atual de cevada de inverno na região, com queda de 50% em relação à temporada anterior, indica que a produção de trigo também provavelmente será baixa”, disse ele.

Leia Também:  Tecnologia e produção são destaques na Norte Show

Por outro lado, a produtividade média do milho aumentou para 6,10 toneladas/hectare de 5,86 toneladas/hectare, e a disponibilidade de insumos agrícolas superou as expectativas.

As condições climáticas são um tanto quanto desfavoráveis devido a ausência de chuvas, lembrou Sizov.

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) estima que a safra de trigo da Ucrânia seja de 21,5 milhões de toneladas e a de milho seja de 25,0 milhões de toneladas.

Fonte: Agroplus.tv

Fonte: AgroPlus

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA